Postagens

Mostrando postagens de 2016

Invasão Zumbi

Imagem
Se você pensou que o título se refere às hordas de coxinhas fantasiadas de carteiros ou de jogadores da CBF, que tomaram as ruas desde 2013, manipulados pela nossa mídia golpista e sonegadora, então você está errado.
O título se refere a um dos melhores filmes de zumbi que já vi.  Fica atrás apenas dos clássicos de George Romero, “A Noite dos Mortos-Vivos” (Night of the Living Dead, 1968) e “Despertar dos Mortos” (Dawn of the Dead, 1978), além dos engraçadíssimos “Todo Mundo Quase Morto” (Shaun of the Dead, 2004) do inglês Edgar Wright e “Zumbilândia” (Zombieland, 2009) do Ruben Fleischer.  Equipara-se talvez a “Extermínio” (28 Days Later..., 2002) do inglês Danny Boyle (de “127 Horas”, “Quem Quer Ser um Milionário?” e “Trainspotting – Sem Limites”).  Também acho que foi a melhor estreia em dezembro, apesar de ficar apenas uma semana em cartaz por baixa bilheteria em alguns cinemas, talvez porque não seja de Hollywood.  A coxinhada preferiu “Rogue One: Uma História Star Wars”, aquela …

Sobre a imprensa canalha

Imagem

O sebastianismo e o moralismo sem moral

Imagem
O herói da vez da coxinhada é um paladino da moral e da ética públicas? Seria comparável aos super-heróis infantilóides da Marvel e da D.C. Comics?  Confira: Tribunais superiores corrigem pelo menos 20 erros de Moro

Por falar nisso, vamos nos lembrar de alguns outros heróis do passado recente, alguns muito efêmeros: ·Demóstenes Torres (um dos mosqueteiros da ética da Veja, cuja sucursal em Brasília era manipulada pelo Cachoeira, amigo do tal moço-prodígio da direita)·Joaquim Barbosa (herói do julgamento do mensalão do PT, que foi criado pelo PSDB em Minas Gerais pelo livre, leve e solto Eduardo ‘AI5-Digital’ Azeredo)·Gilmar Mendes (juiz do STF indicado por FHC, que deu habeas corpus ao bankster Daniel Dantas, aos assassinos da irmã Dorothy, ao médico estuprador Abdelmassih, e que parece arroz de festa na mídia tucana)·Eduardo Cunha (quem não se lembra do "Somos Todos Cunha" da coxinhada que foi vestida de carteiro à Av. Paulista?)·O japonês e o hipster da Federal (antigamente…

Hasta Siempre, Fidel!

Está interessante hoje o editorial da Folha. Na verdade, são dois: “Não aprenderam nada” e “A perna longa da mentira”.  No primeiro, destaca-se que o comportamento dos políticos “continua a pautar-se pelo fisiologismo, autoritarismo e desprezo à opinião pública”, o que ficou evidenciado nas declarações de senadores tucanos, como o perdedor de Minas e o ex-assaltante de trem e carro pagador (Aloysio PQP VTNC Nunes). No segundo, a Folha critica as mentiras espalhadas pelas redes sociais e, em parte, com razão. No entanto, a responsabilidade é da própria mídia, no caso os jornalões e as revistas semanais, que perderam a credibilidade ao se tornarem porta-vozes de grupos ideológicos.  A própria Folha, enquanto empresa, colaborou com o regime fascista instaurado em 1964, considerado por ela uma “ditabranda”. Ao contrário da Folha, o Estadão, embora seja confessadamente militante de direita, foi mais digno ao se referir à morte de Fidel. Enquanto a Folha, que sempre dá uma no cravo e outra n…

Política e Religião são a mesma coisa

Imagem

Chefe, se você espirrar, saúde!

Imagem

Clevelândia e O Lagosta

Imagem