sábado, janeiro 28, 2017

Túnel do Tempo da Corrupção



Esta semana vimos o espetáculo dantesco daquelas senhoras fascistas em frente ao hospital onde estava a mulher do ex-presidente, dona Marisa. Não consigo entender o ódio seletivo dessa gente cristã. Será que é por causa da alegada corrupção do marido e dos filhos dela?
Fosfosol 1: Interpol exclui Maluf da lista de procurados
Isso foi no ano passado. Para quem não se lembra, Paulo Maluf passou 40 dias na cadeia em 2005 no primeiro governo Lula. Certamente aquelas senhoras elegeram Maluf para que este tivesse foro privilegiado, não?
O governo Lula tomou diversas ações contra a corrupção criando, por exemplo:
- em 2003 a CGU-Controladoria Geral da União
- em 2004 o Portal da Transparência
- em 2005 o pregão eletrônico para compras do governo
- em 2008 o CEIS-Cadastro de Empresas Inidôneas
Já no primeiro governo Dilma, em 2012 foi aprovada a Lei de Acesso à Informação. Aliás, nesse mesmo ano, na abertura do Open Government Partnership, Hillary Clinton, então secretária de Estado americana, disse que Dilma estabeleceu um exemplo global de abertura, transparência e luta contra a corrupção.
Será que os eleitores de Maluf, dos demotucanos e dos outros moralistas sem moral saberiam citar sequer uma ação deles contra a corrupção? Duvido. Vamos fazer de conta que os manipulados pela mídia sejam esquecidos, mas o fato concreto é que grande parcela da classe média é ignorante, hipócrita e preconceituosa. Ou alguém bateu panela quando veio à tona, no final do ano passado, o depósito de R$ 23 milhões em conta particular do José Serra na Suíça oriundos de propina da Odebrecht?
Fosfosol 2: Paulo Francis denunciou diretoria da Petrobras e FHC cruzou os braços
Alguém se fantasiou de carteiro e foi para as ruas quando o jornalista Paulo Francis denunciou a corrupção da diretoria da Petrobrás no primeiro governo FHC (em 1996!)? Alguém se indignou quando FHC colocou o genro na direção da ANP (Agência Nacional do Petróleo) em 1997?
Fosfosol 3: Todos os homens do propinoduto tucano
Sabe o que os indignados de São Paulo fizeram? Reelegeram o Picolé de Chuchu, da Opus Dei, e trocaram o Suplicy pelo Serra.
Fosfosol 4: A Lista de Furnas
A Lista de Furnas ilustra bem quem são os moralistas sem moral que, derrotados nas urnas, engendraram o golpe de estado, iniciado em 2013 e cristalizado em 2016, com a finalidade de estancar a sangria da Lava Jato.
É curiosa a seletividade do ódio e da indignação dos patrouxinhas, não? Para quem não sabe, patrouxinha = pato + trouxinha + coxinha, ou seja, a turma que foi beijar a mão do Skaf (que levou 6 milhões de propina da Odebrecht) em frente à FIESP. Depois das marchas dos walking dead analfabetos políticos que serviram de massa de manobra do golpe, boa parte daqueles pelegos ficou desempregada. Ou seja, eles pagaram o pato plagiado.

Nenhum comentário:

Mídia golpista hoje

Domingo é dia de folhear os jornalões e tentar entender o que a máfia dos barões da mídia está querendo que a gente acredite. O Globo, en...