sábado, junho 27, 2015

Nem tudo que reluz é ouro

“O Homem Dourado”, 15° episódio da segunda temporada de “Perdidos no Espaço”, traz um alienígena brilhante e reluzente, cavalheiro e bonito, que dá presentes para toda a família Robinson a fim de seduzi-la.  Explica que está ali para combater um inimigo mau e perigoso.  Sensata, Maureen acha que “antes de julgar um, deve-se ouvir o que o outro tem a dizer - há sempre dois lados em cada discussão e com muita frequência a razão está sempre entre os dois”. Penny fica desconfiada e procura o inimigo do homem dourado, que tem a aparência de um réptil. Mas Penny não se importa com sua feiura e tenta fazer amizade com ele. O homem dourado pede ao Dr. Smith que entregue todas as armas para que ele possa vencer o inimigo.  O Robot descobre que o homem dourado pretende destruir tanto o inimigo como a própria família humana, mas é desativado pelo alienígena.  Este arma um campo minado e, convenientemente, se torna o salvador de Judy ao resgata-la da armadilha. Quando a família está prestes a entregar as armas, Penny adverte que acredita na inocência do réptil. Apesar disso, o ambicioso e traiçoeiro doutor sorrateiramente entrega as armas ao homem dourado.  Aí finalmente descobre quem é realmente o “bravo e sincero” homem dourado.
Esta série, embora admirada em minha infância, é conservadora, reacionária e ilustra muito bem o imperialismo ianque da época da guerra fria em que eles pretendiam dominar, além da terra e do espaço (“Terra de Gigantes”), o mar (“Viagem ao Fundo do Mar”) e o tempo (“Túnel do Tempo”), culminando com a fantasia do pouso lunar. Mas este episódio ilustra metaforicamente o que acontece agora em nosso país.  Basta que se compare a família Robinson ao povo manipulado pela mídia, especialmente a classe média ignorante, hipócrita e preconceituosa.  O homem dourado seduz e trapaceia como a direita.  E o mostrengo é a imagem que a mídia golpista faz de nossa esquerda que envelheceu e vê a juventude sendo cada vez mais engolida pela direita.

Nenhum comentário:

Mídia golpista hoje

Domingo é dia de folhear os jornalões e tentar entender o que a máfia dos barões da mídia está querendo que a gente acredite. O Globo, en...