domingo, maio 03, 2015

Mídia no Brasil: mais libertinagem do que liberdade

Segundo o site Repórteres Sem Fronteiras o Brasil este ano está na 99ª posição numa lista de 180 países, após a 111ª posição em 2014 e 108ª em 2013. Na série histórica nossa melhor situação foi em 2010, quando estávamos na 58ª posição entre 173 países.  Mesmo assim estamos à frente de Israel e outros países com governos de direita como Paraguai, Colômbia e Honduras. Algumas comparações são interessantes:
Costa Rica (16ª) e Uruguai (23ª) lideram o ranking na América Latina, seguidos por Chile (43ª) e El Salvador (45ª).  Estão à frente dos Estados Unidos (49ª), que tem piorado nos últimos anos passando da 32ª (2013) para a 46ª posição (2014).
À nossa frente está a Argentina (57ª), tão difamada pelo Clarín e pela nossa mídia golpista, que mesmo assim está na frente do civilizado Japão (61ª), país que aplica a pena de morte para crimes comuns. 
A Itália, que nos deu a máfia e o fascismo, também tem piorado: 57ª em 2013, 49ª em 2014 e 73ª agora.
Vale destacar também o México na 148ª posição, além da “aliada” Arábia Saudita, em 164ª, que também integra a lista de execução de prisioneiros ao lado de Estados Unidos e Japão.
Já o site Freedom House nos dá uma boa nota em termos de liberdade (2 numa escala de 1 a 7).  Para se ter uma ideia comparativa, a “aliada” Arábia Saudita, alinhada ao sionismo, tem nota 7, a pior.

Em relação ao índice de percepção da corrupção, segundo o site Transparency, os melhores da América Latina são Chile (21ª) e Uruguai (21ª), seguidos por Costa Rica (47ª) e Cuba (63ª).  Os Estados Unidos estão na 17ª posição, atrás do Japão (15ª).  Nós estamos na 69ª posição, à frente da Grécia e da Itália.
Os números relativos mostram que não somos nem os melhores e nem os piores do mundo, como quer incutir na cabeça do povo a nossa mídia sonegadora, manipuladora e golpista. E também mostra que Patópolis (Estados Unidos) e alguns outros países desenvolvidos não são mesmo nem a última cereja do bolo e nem a última bolacha do pacote – exceto para os vira-latas.

Nenhum comentário:

Mídia golpista hoje

Domingo é dia de folhear os jornalões e tentar entender o que a máfia dos barões da mídia está querendo que a gente acredite. O Globo, en...