Lone Scherfig

Ela é a dinamarquesa que dirigiu até o momento sete filmes, dos quais destaco três:
  • Italiano Para Principiantes (Italiensk for begyndere, 2000), comédia romântica pertencente ao Dogma 95 – movimento cinematográfico de vanguarda lançado em 1995 pelos diretores Thomas Vinterberg (de “Festa de Família”, primeiro filme do movimento) e Lars von Trier (de “Dogville”).
  • Meu Irmão Quer Se Matar (Wilbur Wants to Kill Himself, 2002), exibido na última Mostra Internacional de Cinema, e reprisado recentemente pela TV Cultura.
  • Educação (An Education, 2009), cujo roteiro de Nick Hornby (de “Alta Fidelidade”, 2000) foi baseado nas memórias de uma jornalista britânica (Lynn Barber).
São filmes que abordam comportamentos e relacionamentos em detalhes, que são realistas sem ser pesados, mas sensíveis e bem humorados. É o moderno cinema europeu, que recomendo muitíssimo.

Comentários