Paranapiacaba, patrimônio abandonado


Nesse fim de semana estive mais uma vez em Paranapiacaba. Trago duas novidades de lá.
A boa notícia é que visitei o Museu do Castelinho. Foi lá, no casarão em cima do morro, que morou o engenheiro-chefe da antiga São Paulo Railway. Durante as visitas, monitores voluntários contam um pouco da história da cidade. E a vista a partir daquelas inúmeras janelas fazem valer a pena a visita. Lá a gente aprende sobre a cidade alta, a cidade baixa, a vila antiga, a vila nova, o barão de Mauá, a presença dos ingleses e a ferrovia. Recomendo.
A má notícia é que a cidade está praticamente abandonada, e a situação só não está pior graças à determinação e ao esforço da comunidade. A depender das autoridades, de todos os níveis, a cidade estaria, sim, totalmente abandonada. É muito triste ver o estado de abandono dessa jóia de nosso patrimônio histórico, cultural e turístico.
O distrito de Paranapiacaba, vizinho a Cubatão, fica a três cidades (Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra) do centro de Santo André, a que pertence política e administrativamente. Acho que nisso está uma das razões de seu abandono.
Saiba mais sobre essa jóia em decomposição em: Guia_Paranapiacaba e A_Vila_Inglesa

Comentários