A besta se levanta contra a mulher

Eis que a besta se levantou contra as mulheres outra vez.  E disse a besta: "Vamos admitir até que a mulher tenha sido violentada...É muito difícil uma violência sem o consentimento da mulher, é difícil".  Acredite, se quiser.  E o nome da besta é Dom Luiz Gonzaga Bergonzini, bispo de Guarulhos.  Sim, aquele mesmo fanático idólatra que participou da campanha difamatória contra a Dilma, promovida pelos setores mais conservadores e reacionários da direita brasileira, ao lado do melhor candidato desde pequenininho Zé Çerra.  Essa besta, e refiro-me ao padreco, é o próprio cruzamento do Jair Bolsonaro com o Rafinha Bastos.  Em vez de cuidar da pedofilia e dos negócios de sua igreja, ele faz política golpista ao lado da mídia "vendida" e da oposição derrotada. Vade retro Satana!

Comentários