sábado, setembro 25, 2010

Liberdade sob ataque

Essa é a manchete na capa da revista Veja desta semana. Faz parte do movimento dos reacionários iniciado há uma semana e que realizou um ato público na última quarta-feira, chamado de “manifesto em defesa da democracia”. Tudo começou sábado passado, em Campinas, quando o presidente afirmou que alguns jornais e revistas se comportam como se fossem um partido político e têm um candidato. É claro que Lula se referiu ao PiG, principalmente Veja e Folha, que se transformaram no comitê central da campanha de Serra à presidência. Diz-se que amanhã o Estadão vai declarar seu voto em Serra. Apesar de tudo, tenho que reconhecer que o Estadão sempre foi mais transparente que a Folha, desde os anos de chumbo.
Na quinta-feira houve o ato contra o golpismo midiático e pela ampla liberdade de expressão, no Sindicato dos Jornalistas de São Paulo. No mesmo dia, Lula afirmou ao portal Terra que nove ou dez famílias dominam a comunicação no Brasil. É verdade.
Há uma polarização que se acentua à medida que as eleições se aproximam, e cresce a possibilidade do candidato da direita ser derrotado já no primeiro turno. Agora as viúvas da ditadura militar estão ansiosas para reeditar a “Marcha da Família com Deus pela Liberdade”, que precedeu o golpe de 1964. Fala-se na tal bala de prata. Os moços da Veja e da Folha estão fazendo hora-extra a procura de algum factóide que possa prejudicar a eleição da Dilma já no primeiro turno. Para essa gente cansada, o que estraga a democracia é o voto do povo. Aliás, eles nem conseguem pronunciar essa palavra, povo, substituindo-a por polvo.
Só a imprensa pode criticar. Se for criticada, invoca o direito à liberdade de expressão. Foi assim também no caso das charges de Maomé, lembra? Apenas a mídia deve ter o direito à liberdade de expressão, ou então estaremos sob risco de autoritarismo. Essa é a lógica de nossa mídia vendida, racista, reacionária e golpista.
Em tempo, e fazendo justiça: as capas da IstoÉ e da CartaCapital estão bem mais realistas.

Um comentário:

Anônimo disse...

O que é mais interessante é que todas as profissões possuem um órgão regulador para afastar a sociedade dos maus proffisionais, exceto pela imprensa...

Mídia golpista hoje

Domingo é dia de folhear os jornalões e tentar entender o que a máfia dos barões da mídia está querendo que a gente acredite. O Globo, en...