Veja antes que seja banido da web

Recebi um spam com um link para um vídeo que reproduzirei aqui - o link, não o spam e seu texto ruim.
Muitas vezes, quando recebo um spam, costumo verificar a sua origem.
Nesse caso, um usuário do YouTube postou com legendas em português o vídeo de outro usuário, que deve tê-lo retirado do Common Dreams. O discurso completo também foi divulgado com legendas e sem colagem de imagens pelo Passa Palavra. O veterano citado fez esse discurso na associação "Iraq Veterans Against The War" e não morreu ou foi morto em seguida como atesta o spam e conforme o primeiro usuário no YouTube. Sem dúvida, é um belo discurso, sinal de que há americanos achando que o lucro não pode estar acima de tudo e estão contra o armamentismo. Ótimo.
Mas, e o texto apócrifo que precede o link para o vídeo? Puro lixo. Aliás, a gente percebe que é spam já pelo próprio título - "vejam antes que retirem da rede, que seja banido da net". Além da mentira, um spam é caracterizado pela linguagem emocional e pela omissão das fontes - já que se trata de montagem. Quando não é difamação, agressão, é conspiração. É claro que não vamos passá-lo adiante, certo?

Comentários