sábado, maio 22, 2010

O desespero da direita e o spam

Um amigo de Curitiba me encaminhou um spam denominado “Para avaliação”. E não foi com o intuito de apenas disseminar o spam, até porque o referido amigo é uma pessoa inteligente e bem informada. Ele se diz cansado de receber esse tipo de e-mail não solicitado que difama o governo atribuindo-lhe todos os males possíveis e imagináveis. Esse em particular começa assim: “recebi este e-mail e realmente temos que avaliar, o risco é muito alto, e cuidado, pois estas informações estão na parte da bula que você não lê”. O spam “patriótico” mostra preocupação com a possibilidade de a nossa futura presidente não poder comparecer à Assembléia Geral da ONU porque ela teria sido condenada nos Estados Unidos por sua participação na resistência à ditadura, estando assim impedida de pisar em solo americano. Não vale a pena falar dos detalhes de mais essa farsa contra a ministra.
A resposta é muito simples. Ontem mesmo a pré-candidata deu palestra em Nova Iorque, conforme noticiou o próprio PiG, que deu destaque a pequenas discordâncias entre a Dilma e uma tradutora. Veja (com o perdão da palavra) como eles escolhem o que vão informar e como vão informar. E depois tem gente que se acha bem informada porque lê a Farsa de S.Paulo e aquela revista que é metade publicidade.
Concluo lembrando o que disse a esse e a outros amigos. Acho que devemos ter paciência, denunciar a prática de spam ao provedor de e-mail, e recomendar uma visita ao antispam.br. É ano eleitoral e a direita está irada e desesperada. Para falar a verdade, espero até mais contra-informação do PiG (Folha, Estado, Veja, Globo), ainda mais agora que o próprio DataSerra (oops, DataFarsa... oops, DataFolha) admite o crescimento da candidatura Dilma e o atual empate técnico.

Nenhum comentário:

Mídia golpista hoje

Domingo é dia de folhear os jornalões e tentar entender o que a máfia dos barões da mídia está querendo que a gente acredite. O Globo, en...