Dunga e suas pérolas

Hoje Dunga, o treinador da seleção brasileira de futebol, apresentou a lista dos 23 jogadores que pretende levar à Copa na África do Sul. É claro e normal que muita gente proteste, já que somos mais de 190 milhões de técnicos no Brasil. Eu mesmo tenho pelo menos 3 divergências, isto é, acho que ficaram de fora pelo menos 3 jogadores que estão em um momento muito bom de suas carreiras. De qualquer forma, penso que não vale a pena ficar discutindo a lista dos convocados pelo Dunga. Há gente muito mais capacitada na mídia para discutir essa convocação.
No entanto, gostaria de comentar um trecho da fala de Dunga, durante a entrevista coletiva em que ele anunciou os convocados: "... quem não viveu a época da escravidão não pode falar se era boa ou não; do mesmo modo que a ditadura, quem não viveu a época não pode saber se era boa ou ruim, se deveria voltar...". Reitero que vi o texto na Internet e não o ouvi no rádio ou na televisão. Aliás, o casal do Jornal Nacional bem que poderia ter pedido a ele que esclarecesse aquela frase, já que apareceu ao vivo na edição de hoje para atender à poderosa Globo, embora não tenha atendido à mídia esportiva e ao torcedor brasileiro. Então, segundo ele, para a maioria de nós, não dá para saber se a escravidão e a ditadura foram boas ou ruins! Desculpa, mas em minha percepção o Dunga demonstra que não é discutível apenas em matéria de futebol, mas precisa ler muito sobre História para não parecer que seja provinciano e reacionário.

Comentários