Horário das Partidas de Futebol

Os vereadores de São Paulo aprovaram uma lei que limita o horário de término das partidas de futebol na cidade às 23h15, o que significa que os jogos não podem começar depois das 21h30. Se o prefeito não vetar essa lei, esta será um boa notícia para o torcedor que pretende ir aos estádios ou mesmo ver as partidas em casa. Sabemos que nem todos os programas que começam tarde da noite são bons, mas provavelmente os melhores programas começam muito tarde, o que dificulta sua apreciação pelas pessoas que têm que levantar cedo para ir ao trabalho. A antecipação do horário dos jogos não é boa apenas para o torcedor que mora longe e enfrenta a falta de transporte coletivo após as partidas, mas também para os moradores das cercanias dos estádios, que ficam reféns de barulho, depredações e violências quando há jogos na cidade.
O tema tornou-se polêmico porque alguns acham que a TV deve continuar mandando e desmandando no futebol, com a anuência das federações e do Clube dos 13, que ganham muito dinheiro com isso e não dão a mínima aos interesses dos torcedores, da população e inclusive dos atletas. Argumenta-se até que sem a TV os clubes iriam à falência.
Nos bastidores da nossa querida mídia golpista o que está ocorrendo na cidade é uma disputa entre a Rádio Jovem Pan - AM, que defende o horário mais cedo, e a TV Globo, que tem mudado todos os horários dos eventos que ocorrem na cidade em função de sua programação. Os exemplos são muitos, entre eles a Corrida Internacional de São Silvestre e o Carnaval, além das partidas de futebol, que só podem começar após a novela das oito que agora começa às nove...
Também sou a favor da antecipação dos horários dos jogos e até acho que eles deveriam terminar no máximo às 22h. A TV, se quiser, é que deve se ajustar ao calendário do futebol, e nunca o contrário. Aliás, as emissoras que não apresentam novelas poderiam perfeitamente transmitir os jogos. Arriscaria dizer que assim, mesmo sem a TV, os torcedores voltarão aos estádios. É bom lembrar que muito antes do advento da TV, a torcida já freqüentava e lotava os estádios.
Nesta questão concordo inteiramente com a Rádio Jovem Pan, e inclusive com sua crítica ao baixo nível das novelas e dos reality shows, principalmente os da TV Globo. Só lamento que ela empreste o microfone a "meninos-prodígio" da direita como José Nêumanne Pinto e Ives Gandra Martins.

Comentários