sábado, dezembro 26, 2009

Diamantina

Depois de Ouro Preto, Diamantina é a jóia mais preciosa da Estrada Real, localizada no final do Caminho dos Diamantes, a 67km do Serro, nascente do rio Jequitinhonha. Há muito o que falar de Diamantina, de onde tirei muitas fotos, mas vou comentar apenas três delas. A primeira mostra a passagem entre os dois lados da rua da Glória, no Instituto Casa da Glória. A seguir, temos uma vista da Catedral Metropolitana. Depois, uma vista da rua da Quitanda, a partir da Casa do Muxarabiê, casarão do século XVIII cuja fachada árabe chama a atenção em meio ao cenário colonial. Repare o nome da pousada, logo abaixo, alusiva ao famoso Beco do Mota, que fica ali em frente e que foi popularizado por Milton Nascimento. Claro que há algumas igrejas, construções históricas e museus a serem visitados, mas todo o casario do centro histórico, construído no tempo da exploração de diamantes, em si mesmo já é a grande atração. Fora os atrativos históricos, há parques com trlhas, mirantes, cachoeiras com piscinas naturais, e até uma gruta (do Salitre, a apenas 9km da cidade).

Nenhum comentário:

Mídia golpista hoje

Domingo é dia de folhear os jornalões e tentar entender o que a máfia dos barões da mídia está querendo que a gente acredite. O Globo, en...