sexta-feira, julho 03, 2009

Cine Majestic

A Fox reprisou hoje "Cine Majestic" (The Majestic, 2001, Frank Darabont). Para quem não lembra, Darabont dirigiu os excelentes "Um Sonho de Liberdade" (The Shawshank Redemption, 1994) e "À Espera de um Milagre" (The Green Mile, 1999), cujos roteiros também escreveu baseado em contos de Stephen King. Não chega a ser uma obra-prima como aquelas, mas é um filme interessante pelo argumento e pela atuação diferente e competente do Jim Carrey. O filme não tem nada de blockbuster - efeitos especiais, velocidade, violência, sexo. Conta a estória do roteirista Peter Appleton (Jim Carrey) que, depois de ser colocado na lista negra de Hollywood pelo comitê macartista, sofre um acidente, perde a memória e é confundido com um soldado desaparecido na Segunda Guerra Mundial. Acredite-me: Jim Carrey está ótimo e não faz sequer uma careta em todo o filme! É um drama sobre os anos 50, mas ainda infelizmente muito atual, já que retrata a intolerância que persegue as pessoas que têm opiniões próprias e não se curvam a nenhuma forma de poder coercitivo. Recomendo. Ah, não deixe de providenciar um lencinho, ou óculos escuros.

Um comentário:

Filipe Machado disse...

Se Jim Carrey apostasse em papéis mais sérios, seria rapidamente um grande actor. Nota-se que ele tem ali alguma qualidade escondida.

Mídia golpista hoje

Domingo é dia de folhear os jornalões e tentar entender o que a máfia dos barões da mídia está querendo que a gente acredite. O Globo, en...