domingo, fevereiro 15, 2009

Operação Valquíria

O título se refere ao novo filme do Bryan Singer, (Valkyrie, 2008), nome do plano de contingência para tomada do poder através dos reservistas após eventual assassinato de Hitler, o que chegou a ser anunciado em 20 de julho de 1944. É um suspense histórico que gira em torno do atentado cometido pelo coronel Claus von Stauffenberg, interpretado por Tom Cruise, que deixou uma pasta contendo uma bomba perto de Hitler, durante uma reunião, da qual saiu repentinamente para atender um telefonema. Tudo estava planejado pela resistência alemã. No entanto, Hitler se sentiu incomodado com a pasta e a mudou de lugar, sob uma mesa de madeira maciça. Quatro pessoas morreram, mas Hitler saiu ileso. Em minha opinião, o diretor e o ator não conseguiram mostrar os momentos de intenso suspense, nervosismo e ansiedade que devem ter ocorrido e que foram explorados em filmes alemães para TV de 1971 e 2004 sobre o mesmo tema. Excetuando-se esta falha e a inadequação de Cruise no papel, vale a pena ver o filme, nem que seja para aprender um pouco de História. Por falar nisso, o The History Channel está reprisando o filme alemão para TV de 2004. Compare.

Nenhum comentário:

Mídia golpista hoje

Domingo é dia de folhear os jornalões e tentar entender o que a máfia dos barões da mídia está querendo que a gente acredite. O Globo, en...