Alto Paraíso

Em Alto Paraíso-GO fiquei na Casa Rosa e fui fazer algumas trilhas e conhecer algumas cachoeiras. A primeira foi a Cachoeira de São Bento, que fica a uns 10 km, no Rio dos Couros, com acesso pela Fazenda São Bento ou pelo Portal da Chapada, na estrada para São Jorge. Esse rio tem várias quedas e piscinas naturais, muitas das quais não consegui ver por causa do mau tempo. A época ideal para visita é de maio a setembro, período de estiagem.
O Vale da Lua (veja foto à esquerda) é um vale rochoso formado há milhões de anos com diversas piscinas entre buracos e grutas. Fica no Rio São Miguel, a uns 3 km de São Miguel.
Próxima parada: Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros. Há um limite de visitas por dia, sempre com acompanhamento de guias credenciados pelo Ibama. Há basicamente duas trilhas: a dos cânions e a dos saltos, no Rio Preto. Em dezembro, só é possível fazer essa última. É preciso algum preparo físico, já que são cerca de 6 km, com trechos íngremes. A recompensa é poder contemplar duas belíssimas cachoeiras, uma com 120m (vista de cima) e outra com 80m (vista de baixo). Diferentemente da Serra da Canastra, por exemplo, aqui não é fácil avistar animais silvestres. É importante levar água e lanches leves, usar roupas leves, tênis, chapéu ou boné, além de protetor solar.
Recomendo. E, se tiver tempo, não deixe de ir a Cavalcante e dar uma esticadinha até o Parque Estadual da Terra Ronca, onde fica o maior conjunto de cavernas do Centro-Oeste, perto das divisas com Tocantins e Bahia. É o que vou fazer quando voltar lá. Dessa vez, preferi conhecer Pirenópolis e Goiás Velho. Conto depois.

Comentários