domingo, dezembro 21, 2008

Film Noir

Nesse fim de semana resolvi matar saudades de alguns grandes clássicos do estilo "film noir". Já comentei sobre esse gênero. Em geral, são filmes de suspense e mistério contendo detetives, policiais corruptos, mulheres fatais, maridos infiéis. Todos são personagens desesperados em um mundo cínico, cruel, pessimista. Há crimes, assaltos, assassinatos, julgamentos. As cenas são geralmente noturnas, com muitas sombras, contraste, em branco e preto. O período clássico compreende os anos 40 e 50.
Alguns dos maiores clássicos são:
"O Falcão Maltês" (The Maltese Falcon, John Huston, 1941)
"Pacto de Sangue" (Double Indemnity, Billy Wilder, 1944)
"À Beira do Abismo" (The Big Sleep, Howard Hawks, 1946)
"O Terceiro Homem" (The Third Man, Carol Reed, 1949)
"Crepúsculo dos Deuses" (Sunset Blvd, Billy Wilder, 1950)
Depois disso, até hoje, vieram os chamados "neo-noir". Exemplos:
"Chinatown" (Roman Polanski, 1974)
"Los Angeles - Cidade Proibida" (L.A. Confidential, Curtis Hanson, 1997)
"Amnésia" (Memento, Christopher Nolan, 2000)
"Insônia" (Insomnia, Christopher Nolan, 2002)
"Batman Begins" (Christopher Nolan, 2005)
Esse gênero não se limitou ao cinema. Um ótimo exemplo são os vídeo games
Max Payne (Sam Lake, 2001) e Max Payne 2: The Fall of Max Payne (Sam Lake, 2003).
Recomendo todos, sem exceção.

Nenhum comentário:

Mídia golpista hoje

Domingo é dia de folhear os jornalões e tentar entender o que a máfia dos barões da mídia está querendo que a gente acredite. O Globo, en...