domingo, outubro 26, 2008

Eleições municipais de 2008

Ao comemorar 28 anos de história, o PT volta a governar São Bernardo depois de quase 20 anos, justamente no momento em que o Maurício Soares voltou ao partido para ser um dos coordenadores da campanha que elegeu Luiz Marinho.
Eleições municipais são curiosas no Brasil.
O vice de Marinho, Frank Aguiar, é do PTB, partido que acabou com a hegemonia do PT em Santo André, com direito a festa e gritos de "Fora PT".
O PPS do candidato Alex Manente, que tinha ficado em terceiro lugar no primeiro turno, apoiou o PT no segundo turno em São Bernardo. Mas em São Paulo, o PPS da Soninha ficou com o Kassab. Não fosse São Paulo, o DEM praticamente se tornaria um partido nanico, já que venceu em apenas mais 4 cidades com mais de 200 mil eleitores.
O PT e o DEM fizeram parte da coligação que elegeu o prefeito de Campinas, Dr. Hélio do PDT, no primeiro turno! Acredite, se quiser.
Se em São Paulo o PSDB do Serra ficou com o DEM para eleger o malufista-afifista Kassab, em Belo Horizonte o PSDB do Aécio Neves ficou com o PT para eleger o Márcio Lacerda do PSB.
Tirando aquela peça publicitária da campanha da Marta, que insinuava que Kassab seria homossexual, a campanha em São Paulo foi razoável e culminou de forma civilizada quando ela admitiu a derrota e ligou para parabenizá-lo.
Muito curiosas as eleições municipais no Brasil. E muito rápidas. Foram uns 20 segundos para votar, praticamente o tempo de digitar duas teclas com os algarismos do partido e a terceira para confirmar. Em minha seção eleitoral não havia filas. E o resultado ficou conhecido em pouco mais de duas horas de apuração. Sem boca de urna, o clima foi completamente sereno. Quem diria que a gente ia se acostumar com a democracia em tão pouco tempo?

Nenhum comentário:

Mídia golpista hoje

Domingo é dia de folhear os jornalões e tentar entender o que a máfia dos barões da mídia está querendo que a gente acredite. O Globo, en...