domingo, agosto 10, 2008

Ler é Preciso


Há cerca de um mês estive em Buenos Aires. A primeira vez foi há um bom tempo, e tinha sido apenas um dia. Mal tive tempo de ver a Casa Rosada, a avenida 9 de Julho e seu obelisco, e as ruas Florida e Caminito. Mas desta vez foi diferente. Aos poucos, contarei o que vi. Destaco agora a Biblioteca Nacional (ver foto à esquerda, acima), que tem uma sala chamada Guimarães Rosa, no bairro da Recoleta. E a infinidade de livrarias espalhadas pela cidade, como a El Ateneo (ver foto à esquerda, abaixo), na Av. Santa Fé, 1860, que ocupa o prédio de um antigo teatro. Há muito mais livrarias em Buenos Aires do que em qualquer cidade do Brasil. E os livros lá são bem mais baratos que aqui. Temos de reconhecer: o argentino, principalmente o portenho, lê muito mais que
nós, brasileiros.
A propósito, se você gosta de ler, veja os vínculos abaixo:

Nenhum comentário:

Mídia golpista hoje

Domingo é dia de folhear os jornalões e tentar entender o que a máfia dos barões da mídia está querendo que a gente acredite. O Globo, en...