quarta-feira, novembro 28, 2007

O Farol quer brasileiros melhor educados

Desde sábado a Folha tem sido um pouco da velha Folha que aprendi a admirar desde os tempos de cursinho sob a ditadura militar. Na edição de sábado ela destaca que o Farol de Alexandria agrediu verbalmente o atual presidente e a maioria dos brasileiros, já que nós mal sabemos falar e escrever em português. Ele disse: "Queremos brasileiros melhor educados, e não brasileiros liderados por gente que despreza a educação, a começar pela própria". Na verdade foi um ato de desespero por causa da luta política travada em torno da questão do ICMS e já que tem ficado cada vez mais claro que o mensalão foi obra do PSDB mineiro. Nem vou entrar na comparação da educação tucana em Minas ou em São Paulo, porque isto está sendo feito pelos professores com muito mais propriedade.
A charge do Angeli sobre o Don Sorbonne na edição de ontem está engraçadíssima: "Admito! Chamei aposentados de 'vagabundos', brasileiros de 'caipiras'...mas pelo menos tenho a manha de repetir tudo isso em vários idiomas!"
E o José Simão, impagável como sempre: "a Múmia Paralítica, o Boca de Suvaco, Don Doca FHC é mais melhor que o Lula!...professor Pasquale pra presidente!"
Ontem e hoje a mídia destaca o documento das Nações Unidas (com dados de 2005), segundo o qual os brasileiros vivem em elevado grau de desenvolvimento humano. Isto está na mídia, e não em documentos político-eleitorais. Resultado: a direita não suporta o fato de o Brasil estar dando certo. Essa gente...
Ah, se der, dê uma olhada no Observatório da Imprensa.

Nenhum comentário:

Mídia golpista hoje

Domingo é dia de folhear os jornalões e tentar entender o que a máfia dos barões da mídia está querendo que a gente acredite. O Globo, en...