2 Filhos de Francisco

Ontem finalmente vi "2 Filhos de Francisco - A História de Zezé di Camargo & Luciano " (Breno Silveira, 2005), que conta a história de um homem pobre e simples, que teve realizado o sonho de tornar seus filhos estrelas da música sertaneja. Destaque para a dupla de meninos atores Dablio Moreira (Mirosmar ou Zezé di Camargo na infância) e Marcos Henrique (Emival Camargo ou Camarguinho), além de todo o elenco, sem falar de Lima Duarte e (sua neta) Paloma Duarte.
Confesso que foi uma agradável surpresa. Não esperava que ia gostar tanto. O filme expõe uma parte esquecida do país, diferente do sudeste, do sul e do nordeste. E aborda a transformação da música sertaneja que, ao migrar do campo para a cidade, precisou ficar mais parecida com a música country norte-americana para cair no gosto da nossa emergente e preconceituosa classe média. Longe de ser um panfleto da dupla, vi neste filme um drama típico da história recente do país.
Uma cena inesquecível mostra Francisco e os meninos sendo expulsos de uma rádio de Goiânia quando iam colocar no ar uma canção que terminava em "viva as forças armadas e a sua tirania"!
A você que não gosta do cinema brasileiro, das coisas e das pessoas da nossa terra e que tanto te envergonham, sugiro que esqueça por um momento (na verdade, 132 minutos) seus preconceitos e veja este filme - acho que você vai gostar.

Comentários