quarta-feira, outubro 17, 2007

A Questão da CPMF

A CPMF foi criada pelo governo FHC, que passou a usar o dinheiro da Saúde para reequilibar suas contas, contrariando seu idealizador, o ministro Adib Jatene, que pediu demissão. Além disso, com o apoio do PSDB, do PFL (hoje "Democratas" ;-)) e do PPS (ex-Partidão), FHC aumentou sua alíquota de 0,20% para 0,38%! E a direita não protestou.
Hoje a direita, depois do fracassado movimento dos cansados, já pensando nas próximas eleições, levanta-se contra a CPMF claramente para prejudicar a performance do segundo mandato do governo Lula na área social.
Conforme a Folha de ontem, o show contra a cobrança da CPMF reuniu só 15 mil. Seus organizadores, a Frente Nacional da Nova Geração (!), liderados pela FIESP e a Associação Comercial de São Paulo, esperavam 2 milhões no vale do Anhangabaú. Conforme o artigo, os artistas que eles contrataram desconhecem completamente a alíquota do "imposto do cheque"...
E hoje, conforme o Estadão, a oposição recusa proposta (do líder do governo no Senado) de liberar isentos do IR da CPMF.
Como "essa gente" da FIESP, da Associação Comercial, do PSDB, do PFL "democrata", do antigo Partidão, da Opus Dei etc sempre se preocupa com o povo, não?! Obs.: para quem não me conhece, essa foi uma pequena ironia ;-)

Nenhum comentário:

Mídia golpista hoje

Domingo é dia de folhear os jornalões e tentar entender o que a máfia dos barões da mídia está querendo que a gente acredite. O Globo, en...