sábado, julho 30, 2005

A questão do desarmamento


Recebi um e-mail que anda circulando pela Internet para defender a posse de armas de fogo e munição. Nele, afirma-se que em muitos países houve muitos massacres após o desarmamento da população. Pelo jeito, já é campanha eleitoral para o plebiscito sobre desarmamento, de dois de outubro próximo. E disfarçadamente também já começou a campanha para presidente em 2006. A direita está feliz da vida porque um setor da esquerda fez agora o que ela sempre fez no Brasil.
Já que recebi esse lixo cheio de motivos contra o desarmamento, dou aqui minha opinião: vou votar a favor do desarmamento, sim. Nunca andei armado e nunca vou andar. É isso.

3 comentários:

endefensapropia disse...

http://www.livejournal.com/users/strawb_lemonade/1383.html

glockpphoto disse...

Por favor, se informa antes de formar opinión, por favor...
ej.:http://www.livejournal.com/users/strawb_lemonade/1383.html

Anônimo disse...

Não creio que o desarmamento seja a solução para o nosso país. Existem pessoas equilibradas que podem se submeter a um treinamento para atirar,passar por testes psicológicos para ver se está capacitada a portar arma e assim obter o seu porte legal. A ilegalidade é que géra o conflito.
Fico imaginando os caminhoneiros que são abordados, assaltados e mortos, muitas vezes, por não terem uma arma para se defenderem dos bandidos.Caminhoneiros são cidadãos dignos, trabalhadores e muitos pais de família que estarão correndo risco de vida no desempenho da sua profissão porque o governo quer a população desarmada. Desarmar sim! Aqueles que estão usando armas ilegalmente para fins escusos. O governo que encontre uma solução de como conseguir esta façanha

Por que não vou torcer para a Croácia

A seleção croata continua enaltecendo o fascismo Outro dia um apresentador do BBB, da Globo, deu a entender que não se deve misturar ...