terça-feira, abril 05, 2005

Morre Karol, o Papa


Atleta e ator na juventude, católico clandestino no comunismo polaco e doutor em filosofia, Karol Wojtyla foi o primeiro papa eslavo da história da igreja. Meus respeitos à fé de milhões de brasileiros, mexicanos, filipinos, norte-americanos e muita gente afora pelo mundo. Karol (João Paulo II) atuou ao lado da CIA, conforme alguns, contra o comunismo. Também atuou contra os progressistas de nossa igreja e a Teologia da Libertação, e incentivou o movimento carismático para enfrentar os neopentecostais. Enfim, o conservadorismo foi sua marca principal. No entanto, em seu papado vieram à tona inúmeros casos de padres pedófilos.
Para mim, confesso que não esqueço da edição nº27 de julho de 1980 do Fradim, do Henfil, e da Editora Codecri, sobre a visita dele ao Brasil naquele ano. Quem viu, sabe a que me refiro. Meu Deus, quanta saudade da Graúna, do capitão Zeferino, do bode Francisco Orelana, e do Ubaldo, o paranóico! Que vocês estejam todos no braços do Senhor, é meu sincero e profundo desejo.

Nenhum comentário:

Por que não vou torcer para a Croácia

A seleção croata continua enaltecendo o fascismo Outro dia um apresentador do BBB, da Globo, deu a entender que não se deve misturar ...