sábado, agosto 07, 2004

de paz e de pássaros


A pomba é o passarinho da paz.
A mulher é a paz do passarinho.
O homem busca a paz para seu passarinho.
O solteiro não deixa seu passarinho em paz.
A solteira conhece o passarinho mas não a paz.
A divorciada perdeu a paz e o passarinho.
A viúva lembra do passarinho e não vive em paz.
O viúvo perdeu a paz do passarinho.
A casada tem assegurado o passarinho e a paz.
O casado tem paz para o passarinho.
O velho tem o passarinho em paz.
A velha deveria estar em paz mas está pensando no passarinho.
A bicha quer a paz pela frente e o passarinho por trás.

Nenhum comentário:

Mídia golpista hoje

Domingo é dia de folhear os jornalões e tentar entender o que a máfia dos barões da mídia está querendo que a gente acredite. O Globo, en...